Identidades Gastronómicas: encontro preparatório na Roménia

Decorreu na cidade de Deva, Roménia, entre 8 e 12 de outubro de 2018, a reunião preparatória para o encontro transnacional que ocorrerá, na mesma cidade, em maio de 2019. Como sempre acontece neste projeto, os responsáveis de cada escola parceira fazem uma visita prévia para tomarem contacto com a realidade local e para poderem ajustar as atividades a desenvolver com os alunos aos recursos disponíveis.
Sendo este um projeto que gira em torno das identidades gastronómicas e da valorização e conhecimento dos produtos locais por oposição à globalização, o conhecimento antecipado da realidade de cada país/região é fundamental para que possa ser feita uma preparação rigorosa e adequada do trabalho desenvolvido pelos alunos em cada encontro.
No primeiro encontro transnacional, que decorreu em Portugal, o desafio lançado às equipas de cozinheiros e empregados de mesa (sempre compostas por elementos de todos os países) foi o de prepararem menus completos com os produtos de cada país. No próximo encontro, cada um dos menus deverá incluir uma entrada, um prato principal e uma sobremesa de cada um dos países.
Na reunião agora decorrida, deslocaram-se à Roménia dois elementos da direção do Agrupamento (Emanuel Vilaça e Luis azoia) e o formador de Cozinha Samuel Sousa. Tinham encontro marcado em frankfurt com quatro elementos da escola francesa Louis Armand (Luc Moinard, Jérôme Boursicot, Julie Millet e Anne-Laure Rochais) de onde seguiram rumo a Bucareste (cerca de 400 Km a norte de Deva).
A semana de trabalho, para além das tarefas de agendamento e sistematização do próximo encontro, incluiu a visita a mercados, a várias explorações de produção animal, assim como algumas unidades de produção de produtos hortícolas, pequenos e grandes produtores. A gastronomia local e regional foram uma nota constante onde a qualidade e diversidade dos vinhos produzidos não deixou de ser uma agradável surpresa.
Fomos recebidos com grande hospitalidade e com muita amabilidade. A imprensa local/regional atribuiu ao encontro grande destaque durante toda a semana. Tivemos direito a várias notícias nos jornais e na televisão.
A Roménia é um país da UE de pouco se fala e relativamente ao qual existem até alguns preconceitos que devemos desmontar. Uma democracia bem mais jovem que a nossa que enfrenta problemas relacionados com muito baixos rendimentos e com a falta de acessibilidades. A maioria dos problemas socioeconómicos daquele país não nos são estranhos, há apenas caminho que já fizemos e que a Roménia e o seu povo ainda terão que percorrer.

Entrevistas para a TV:



Notícias em jornais:


Mensagens populares deste blogue

Reunião preparatória no Bombarral

Identidades gastronómicas: Encontro Erasmus+ no Bombarral

Primeira Atividade de Aprendizagem transnacional em Ljubljana, Eslovénia